25 novembro 2013

COISAS QUE SINTO

  Eu precisei percorrer muito caminho para entender que um dos maiores tesouros da vida humana, talvez o mais precioso, é a capacidade essencial de sentir amor e saber expressá-lo. 
E que boa parte das confusões, das discórdias, das invejas, das doenças, das armadilhas, surge da profunda dor que causa a temporária incapacidade de descobrir onde ele está.

3 comentários:

Alice disse...

Gostei muito deste teu pequenino texto. Quando as pessoas perceberem vão ser bem mais felizes e haverá um pouco menos infelicidade espalhada pelo mundo.

Beijinho

(a imagem também está tão bonita!)

Dear Daisy disse...

Concordo tanto contigo...

Por vezes levamos muito tempo até conseguir perceber e aceitar as coisas. Acho que tem que ser mesmo assim.
Cada coisa tem o seu tempo.

Um beijinho grande <3

Bird Girl disse...

Não podia estar mais de acordo, minha querida.
Que vivamos no amor, então.