13 agosto 2013

JOSE SARAMAGO NO SEU MELHOR


"Não sabemos o que é ser infinitamente bom. Sabemos o que é ser relativamente bom. E sabemos que não somos capazes de ser bons toda a vida e em todas as circunstâncias. Falhamos muito. E depois reconsideramos, o que não quer dizer que o reconheçamos publicamente."

JOSE SARAMAGO

2 comentários:

Marta disse...

Nem mais!

Sabes uma coisa? Tenho um postal para ir levantar algo aos correios. Sabes de quem é???? Da minha amiga Paulinha :)

ADORO-TE!!!!

nobady's listen disse...

no seu melhor ... e é tão verdade isto que ele diz... obrigada pela partilha. beijinhos