14 março 2013

SONHOS PROIBIDOS



Ontem acabei de ler esta prenda de aniversário... e um livro muito forte posso-vos dizer... a história de uma menina que ao ser testemunha de uma violação seguido de um homicídio brutal acaba por ser ela raptada e levada para a vida de uma prostituta. Brutalmente violada muito nova, acaba por conhecer, da forma mais horrível a realidade da vida nos meados de 1910.

Conta-nos de uma forma muito pormenorizada e até detalhada a vida na  prostituição...

Apesar de tudo, conseguiu converter tudo o que de mau lhe aconteceu e em coisas boas. E aqui demonstra o poder do ser humano, na capacidade de ver para além da dor, seja ela de corpo ou (pior ainda) a de coração. E aquela de quem luta para conseguir estar ao lado de quem ama... Nunca desistir dos nossos sonhos e o conseguir estar e ser acima de tudo, pois são todas as experiências que vivenciamos que nos fazem crescer enquanto seres humanos.

Fiquei emocionada com a história... e pelo que li no final este livro tem continuação. Quem sabe um dia não tenho a sorte de a ler ("A promesa").

Um excelente livro!

8 comentários:

Tanita disse...

Eu gosto deste tipo de livros, mas ao mesmo tempo...
Feliz dia querida, um enorme beijo cheio de saudades.

Pretty in Pink disse...

Tens um filho que é um amor! Aposto que quando crescer vai ser um quebra corações!!

Beijinho*

marina disse...

É o meu tipo de livros favoritos...
quando puder vou procurar..

Vera, a Loira disse...

Nunca li nada desta autora, agora fiquei curiosa.

Paula Nogueira Guerra disse...

Eu percebo-te Tanita, só que nem imaginamos a quantidade de realidades (bem piores que as nossas) existem... e não deixam de ser a vida de alguém por aí!

Um beijo doce xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

beijo doce querida Pretty :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Querida Marina,

Este tb foi o primeiro que li desta escritora e gostei muito. Uma escrita muito simples e sedutora. Queremos sempre ler mais e mais...

Um beijo doce xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

POis é Verinha, para mim tb foi o primeiro e gostei imenso :)