17 abril 2012

PONTO FINAL




Já me enganei muito sobre muitas pessoas e também já me enganei comigo mesma...
Já disse "nunca mais" e voltei a fazer tudo novamente.
Já pensei que fosse para sempre e nem percebi quando acabou.
Já errei muito e ainda erro...
Já escrevi e não mandei.
Sinto saudades do que não tive...
Posso esquecer quem me deixou triste, mais não esqueço de quem me faz feliz !
Com tudo isto coloquei um grande ponto final em assuntos que precisavam de ser arrumados.
Se doi ou não, não tem importância, pois sei que um futuro me aguarda... seja ele qual for.
O importante é andar de cabeça erguida, e isso eu tenho a certeza que ando!

22 comentários:

S. disse...

beijo para ti :)

ombemua disse...

Ora nem mais!
A vida encarrega-nos de nos mostrar por onde seguir, pode demorar, mas mostra.
Cabeça erguida sempre!
Feliz dia querida,
Baci*

abspinola disse...

Hoje ando assim Paul, a por um ponto final em tudo o que faz me mal.
Não consigo entender as pessoas, igonar pra quê? afastar porque?

Tantas perguntas sem respostas
Bjstos

Pusinko disse...

É assim que deves andar sempre querida :)

Beijo

CoisasDaGaja disse...

Se o fizeste foi porque tinha de ser feito! E um ponto final tem duplo significado. O fim de algo e o começo de uma nova fase :D

beijocas

ana cerneleanu disse...

Muitas vezes não é fácil cortar certos laços ou hábitos... Mas quando o fazemos, e sentimos que é o melhor para nós e para a nossa felicidade, não há melhor.E como dizes o importante é andar de cabeça erguida.
beijinho

mfc disse...

Um texto impressivo, determinado e lindo!
Estás de parabéns.
O caminho é exactamente por aí.
Beijos,

Paula Nogueira Guerra disse...

Minha linda S.
Uma beijoca doce para ti também :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Ombemua,
Aguardo o caminho :)
Bjs carinhosos

Paula Nogueira Guerra disse...

Abspinola,
Há pontos finais e PONTOS FINAIS...
Mas ando de cabeça erguida:FACTO!
O que me faz mal quero LONGE bem longe!!!

Bjs cheios de mel :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Pusinko,
Há quem não goste mas esses não tenho pena !

Bjs aveludados xxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Gaja linda,
Sem mais!
Agora só faltam abrir asas e voar!
Bjs e abraços calorosos xxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Ana,
Tenho a sorte de ser uma pessoa que anda sempre de cabeça erguida mesmo quando cometo erros pois é com eles que aprendemos e crescemos. Há quem veja por outro prisma mas, da vida dos outros sabem eles. Eu apenas posso falar da minha :)

Um carinho doce xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

MFC,
Obrigada pela força e carinho!
Uma abraço apertado :)

Beu, a Ruiva. disse...

Paulinha querida,
Eu também sou um pouco assim ... digo que nunca mais isto, nunca mais aquilo mas depois coração mole como sou volto atrás com a palavra.
Confesso que hoje ( e ontem também) foi um dia de más reecordações de um contacto recebido que preferia não ter recebido ... enfim, deixou-me mal.

Tomorrow is another day.
Amei o texto e gosto acima de tudo de ti :)!

Um beijo grande no teu coração.

Paula Nogueira Guerra disse...

Os dias mais pesados são os que nos fazem mais fortes... pelo menos tento encarar a vida assim linda Béu!

I LIKE YOU A LOT XXXX

Fê-blue bird disse...

Parabéns amiga por ser quem é !
Colocar uma pedra sobre certos assuntos só prova maturidade e inteligência. Gostei!

beijinhos

Paula Nogueira Guerra disse...

Linda Fê,
Hajam forças para dar mais um passo :)

Bjs docinhos para ti minha linda xxx

Vera, a Loira disse...

Por vezes temos mesmo que colocar um ponto final, custa, mas se é o melhor para nós só temos que seguir em frente, como tu dizes, de cabeça erguida.

Paula Nogueira Guerra disse...

Verinha,
São novas etapas na vida e aprendizagens que teimei em não querer aprender, e a vida só me tem dado provas para deixar de teimar em algo que me faz mal. E como estou cansada e não me faz bem, foi esta a decisão que tomei. Para o MEU bem!

Bjs super docinhos xxxx

Gypsy disse...

É isso mesmo querida! Cabeça sempre pra cima. :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Gypsy,
Há quem seja da opinião de que não é bom, pois é sinal de "doença"... mas a vida mostra-me que EU estou bem, apesar de MUITA coisa.

Uma beijoca ternurenta para ti :)