12 março 2012

UMA VERDADE A MEU RESPEITO #10




Não me prendo a nada que me defina...Sou companhia, mas posso também ser solidão...
Tranquilidade e turbilhão, pedra e coração...
Sou abraços, sorrisos, ânimo, bom humor, preguiça e sono...
Música alta e silêncio... Serei o que quiserem, mas só quando eu quiser!
Não me limito, nem sou cruel!
Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer…
Suponho que entenderem-me não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contacto...
Ou toca, ou não toca...

8 comentários:

Sexy na Cidade disse...

Gostei de ler =)

Um optimo dia!

Maria

ombemua disse...

Eu acho que todos nos somos um pouquinho assim :)
Tudo depende....
Bom dia querida
Baci*

carla disse...

E é uma excelente verdade.

Beijo e boa semana

Vera, a Loira disse...

Tocou minha querida. Beijo.

Paula NoGuerra disse...

Sexy,
Muito obrigada. Volta sempre :)
Bjs doces

Paula NoGuerra disse...

Ombemua,
Cada um é como cada qual :)
Bjs docinhos

Paula NoGuerra disse...

Carlita,
Boa semana para ti tb :)
Bjs super doces

Paula NoGuerra disse...

Verinha,
Ainda bem :)
Becitos doces