04 janeiro 2013

39 ANOS DE MIM

Esta sou eu! 
Desde os meus 6 meses, e depois de 1 ano até aos meus 39 anos (dias de hoje).

Não é uma retrospeção... não sou muito dessas coisas. Penso muito em TUDO o que passei e não apenas neste ultimo ano. Se for uma retrospecção é do TODO na minha vida.

Ainda hoje, como tinha até pouco trabalho no meu emprego, peguei num caderno e comecei a escrever (as minhas memórias por assim dizer). Foi muito mas muito resumido e, mesmo assim escrevi em letras até pequeninas 10 páginas A4. Vou querer passar a limpo, melhorar algumas frases e ainda acrescentar pormenores que faltaram. E falta sempre muita coisa, e se continuar a escrever como fiz hoje faço um livro... UI!

Gostava de inserir umas fotos em certos periodos desta minha história de vida. Vai levar ainda o seu tempo. Sei que o mais complicado (que é começar e escrever alguma coisa) já está. O resto vai seguindo. Uma coisa é certa: I'M STILL STANDING!

Um dia quem sabe partilho com alguém de especial (ou melhor, alguém com pachorra para me ler).

Deus não nos dá as pessoas que nós queremos e sim aquelas que precisamos: para nos ajudarem, para nos magoarem, para nos amarem e para nos fazerem a pessoa que devemos de SER.

22 comentários:

Beu, a Ruiva. disse...

Oh giraça,
adorei este teu post.
Que lindo e que original.
Só tu pata te lembrares de uma coisa assim :)
Beijinho querida :)!

carla disse...

Também acredito que tudo acontece por uma razão e que as pessoas com que nos cruzamos ao longo da vida, têm a funçao de de nos ensinar sempre qualquer coisa, independentemente de ser postiva ou negativa. E podemos essa aprendizagem para melhorarmos fisica e espiritualmente. E sermos mais felizes.

Beijos grandes, Paulinha. Gostei de conhecer-te desde pequenina :)

Tanita disse...

Nada acontece por acaso, nada.
Adorei todas as fotografias e em todas elas poderia dizer sem hesitar que és tu. não mudaste nada.
Beijo gordo**

Fê blue bird disse...

Parabéns Amiga Paula:
Desejo-te o melhor dos sucessos para o teu livro e para a tua vida.
O importante mesmo é tirar conclusões positivas da nossa vida.
Um grande beijinho

Vera, a Loira disse...

Adorei esta ideia, a junção das fotos está fantástica.

Paula Nogueira Guerra disse...

Obrigada querida Béu ;)
Deu algum trabalho mas compensou!

Um beijo carinhoso xxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Carlinha,
Não sou apologista de usar a palavra negativa. Prefiro dizer MENOS BOM... foi algo que aprendi com o tempo, pois tudo faz parte de quem somos neste mundo. E tudo é BOM seja ele muito ou pouco :)

Um sorriso carinhoso xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Tanita meu doce,
Mudei, por dentro e algumas coisas por fora... fiz duas operações à boca (necessárias nao por que me apetecia pois preferia não as ter feito). Mas estou ainda a aprender muito e preciso de TODOS para chegar lá... lá onde tenho de estar!7

um abraço muio doce xxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Sempre positivo queria Fê... sempre!

Um carinho doce xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula Nogueira Guerra disse...

Ainda bem que gostaste Verinha :)
It's just me!

BIG SMILE XXXXX

Uma boa parte de mim disse...

:) gostei muito, muito desta retrospetiva. e se escrever te é importante e reconstrutor, escreve. afinal de contas somos mesmo páginas de uma história contada de que ainda não conhecemos o fim!

Dear Daisy disse...

Tão giro Paulinha..adorei!!!
Parabéns ;)

S* disse...

Oh, mas que junção de imagens tão gira!!

Marta disse...

Já tinha comentado no FCBK.
Estás sempre linda, ano após ano e aqui dá para perceber como os teus filhos são parecidos contigo.
Beijos amiga linda.

Paula Nogueira Guerra disse...

Uma grande verdade minha querida M.
Enquanto isso vive-se e escreve-se :)

Beijo bom xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

Obrigada querida Daisy :)

Paula Nogueira Guerra disse...

Querida S*,
Deu algum trabalhito principalmente em encontrar uma para cada ano, mas valeu a pena :)

Beijo bom xxxx

Paula Nogueira Guerra disse...

OOHHHH martinha, um destes dias publico como mudei :)

D. disse...

Olha, só digo QUE MÁXIMO.
És sempre tão parecida contigo mesmo. Ah ah ah. Quero dizer que se percebe bem que és tu sempre.

Bjinhos

Paula Nogueira Guerra disse...

Há traços que nunca desaparecem enquanto que outros mudam ;)

Beijo bom querida D. xxx

Dudu disse...

:)
Gostei tanto desta ideia, até mesmo para oferecer a alguém.